Wednesday, March 03, 2010

Não tarda muito...


O sismo de magnitude 8.8 na escala de Ritcher que atingiu o Chile no último sábado reduziu ligeiramente a duração do dia e provocou alterações no eixo da terra. (...) “O dia terá ficado mais curto em 1,26 microsegundos” (...) "Não é a primeira vez que se detectam alterações semelhantes depois de m terramoto. O dia reduziu-se em 6,8 microsegundos nos finais de 2004 depois do sismo de magnitude 9.1 registado perto de Sumatra, que provocou o maior tsunami da história." (...) "O contrário também pode acontecer. Tendo em conta estimativas científicas, caso a reserva da barragem das Três Gargantas, na China, estiver cheia, juntando 40 quilómetros cúbicos de água, os dias podem crescer 0,06 microsegundos."

Continuamos alegremente a desiquilibrar a natureza, equilibrio esse assente em milhões anos de evolução. Tudo o que cresce e floresce tem um contra balanço natural que a natureza se encarrega de garantir. Em pouco mais de um século somos bem capazes de ter dado cabo disto tudo.


A propósito da recente tragédia na Madeira vejam este vídeo de 2008. Está lá tudo explicado, infelizmente confirmou-se.

Sou só eu , ou vocês também acham que a Mãe Natureza está cada vez mais farta de nós ?

19 comments:

Apple said...

E a humanidade, como um bom filho rebelde, não quer saber dos avisos de mamãe para nada.

Francis said...

apple, ora aí está, muito bem observado...desde quando os filhos dão razão aos pais ?

Apple said...

Normalmente quando it's too late baby now, it's too late...Basicamente quando dão com os cornos na parede...

Francis said...

precisamente.

Maya said...

Francis, não me parece que sejamos nós. Não somos assim tão importantes. É apenas o planeta a seguir a sua natureza ...

Pensa que se não existissem casas, ruas, pessoas naquele sítio, não aconteceria a tragédia. No entanto o tsunami teria acontecido na mesma.

Mas isto é só a minha opinião pessoal que só a mim interessa (onde é que eu já ouvi isto?)

Francis said...

Maya, permite-me discordar. bonito hein ?.
no caso dos tremores de terra, dá-se o caso de com a exploração sem controlo de petróleo, gáz etc, as placas tectonicas são obrigadas a reajustar-se com mais frequencia.

claro que tudo isto aconteceria, mas com menos frequencia e com menos gravidade...não tenho dúvidas.

já no caso da madeira é a construção em cima de locais onde a àgua tem que passar, ela só passa ali, portanto...vai tudo em frente.

somos muito mais importantes do que pensas, somos nós que criamos todos estes desiquilibrios...por exemplo, nós na cadeia alimentar deveriamos estar ao nivel de uma cabra, mais ou menos, mas não, estamos no topo, consumimos mais que os elefantes e as baleias, não é normal.

ps :(onde é que eu já ouvi isto?) pois não sei, foi onde ?
ps1 : espero que não tenhas sido do contra só porque não me depilo pá ;)
ps2 : boa viagem para munchen e divirta-se, sim ?

Mau Feitio said...

Tenho medo. A natureza pede socorro. E nós não fazemos mto para ajudar.

Francis said...

mau feitio, pois, a grande verdade é que vai ser muito dificl para todos nós perdermos confortos adquiridos...
a natureza está constantemente a dar sinais, é um facto.

bem vinda.

Maya said...

Francis, baita de resposta-comentário hein? :)

Sim, tens razão. Há alguma influência humana. De todas as formas, creio que não será assim taaaanta ...

Isso da Madeira, tá bom de ver. Foi o: faz-se assim e depois logo se vê ... típico!

Do contra? moi? je? Nããão. Isso deixo para a Violante. Apenas acho que nem tanto ao mar nem tanto à terra. Tento ver todos os lados da questão. (ai, que sou uma rapariga tão sensata ... e boa e por aí)

ps1: um treinador de futebol talvez ..
ps2: essa do não te depilares ... nem para experimentar ... experimenta pá!
ps3: obrigada, obrigada. Agora os fdp querem beber à minha custa, os cabrões. Então eles ainda não sabem que não podemos levar garrafas no avião?

Francis said...

maya, tu merecias pá...és mesmo muito sensata pá, tão equilibrada, tão racional, ai ai ai...
ai se a violeta te ouve ?

ps1: não conhecia.
ps2: não entro cá em experimentações metro-sexuais pá...até porque não tenho tantos que mereçam o rabalho. ps3: cabrões pá.

Calíope said...

- Não sei se viram o Alberto João a dizer que estas teorias são de adversários políticos que querem aproveitar a tragédia para o denegrir... Em que mundo é que ele vive?!

- Hoje no jornal do metro vienense alertava-se para a ocorrência em breve de mais 5 tremores de terra de grande intensidade lá para a zona do Chile e arredores...

Francis said...

caliope, acho graça tu ainda leres sobre o Albert Garden...
ah pois isto não acabou...

me. said...

Sem dúvida...
Será que tenho de rever o meu passado para não sofrer as consequências implícitas?!

Francis said...

me., lamento, já não tens hipoteses...vais na enchurrada como todos nós... :)

me. said...

Fora de coisas... muitas vezes não se levam os estudos a sério são tidos como meras previsões de catástrofes que nunca vão acontecer, mas o que os fundamenta tem princípios de rigor cientifico, baseado no simples binómio Causa/Efeito...

Depois são os deuses que estão loucos...

Francis said...

me., mas isso é óbvio...nós somos a maior causa/efeito desta equação...estamos em ambos os binómios...e agora não falo mais cvontigo que me obrigas a pensar e a escrever palavras caras...

me. said...

AHAHAHA

Francis said...

ahahahahahahah

me. said...

Já agora o que bebes tu?
Um daiquiri, uma margarita... tantos dias a hidratar-te do mesmo, é coisa boa ;)