Monday, April 05, 2010

Gosto muito de animais em geral e do meu cão em particular


Eu tenho um cão porreiro e de que gosto muito. É um Labrador branco, para lá de lindo. É, não há como escondê-lo, o melhor cão do mundo, os outros que desculpem, temos pena. E, sei lá como, tenho a sorte de ser meu e da minha família, quase no sentido de ser meu familiar e simultaneamente um dos meus melhores e mais leais amigos.

Por outro lado, não gosto de gatos. Não pelo facto de basicamente um gato ser um cão gay, mas porque não gosto mesmo. Não gramo aquela coisa da independência e da liberdade que supostamente caracteriza os gatos, que para mim não passam de uns interesseirotes que só ligam a quem lhes dá comida. Respeito, naturalmente, quem goste dos bichanos (a minha Mãe, por exemplo), mas um animal doméstico tem que ser nosso amigo e companheiro, brincar connosco, passear connosco, nadar connosco na praia (nunca consegui meter o meu numa piscina), defender-nos e proteger-nos (já agora, nada disto se passa com os gatos-senhores-do-seu-nariz).

Acresce que os cães ajudam e fazem-no sempre com alegria: ajudam pastores, ajudam cegos, ajudam polícias, detectam drogas e corpos em catástrofes, puxam trenós, etc. etc. etc.

Só não gosto mesmos é dos rotweillers e quejandos, tal como não gosto dos respectivos donos, mas isso é outra conversa.

O único problema do meu cão é que não tem namorada e, como não anda solto por aí, ainda não experimentou os prazeres do sexo, nem, por consequência, as alegrias da paternidade (e como eu gostava de ser “avô” …). Acho que deviam haver uns bares tipo Elefante Branco para cães, onde os tipos iam, andavam por ali um bocado e depois pegavam numa cadela de leste e iam até uma pensão para cães, por troca com uma lata de ração. Se não quisessem gastar essa lata, podiam haver umas discotecas onde pudessem conhecer umas cadelas, meter conversa, trocar números de telemóvel e, eventualmente, irem até à casota de um logo nessa noite, dependendo dos padrões de conduta da cadela. Se fosse uma cadela armadófino, iriam somente na noite seguinte, mas aí o meu cão teria que a levar primeiro a jantar.

Last but not the least, calhou o meu cão ser um grande benfiquista (rosna quando vê um lagarto) e, como os cães prevêem coisas, consegue prever quando o Benfica vai marcar golo e quando vai sofrer um. Mais ou menos um minuto antes de marcar um golo, começa a ladrar muito e a abanar a cauda. Pelo contrário, quando vamos sofrer um, o tipo começa a uivar e a tapar os olhos com uma pata. Ainda ontem, por exemplo, enquanto bebíamos umas imperiais e comíamos umas alcagoitas (ele adora), começou por uivar muito, mas acabou a noite a ladrar. Ás vezes é chato: no outro dia o Benfica perdeu e ele, no fim do jogo, fez uma mija na televisão. Ok ok, admito, o que digo neste último parágrafo é mentira, mas eu gostava que fosse verdade, prontos. Ainda tentei ensiná-lo a fazer estas previsões, mas não fui capaz, eventualmente porque, segundo me disseram, eu também não consigo.

O cão que se vê no filme não é o meu, mas podia ser, porque é igual. Espero que gostem, tanto quanto eu gostei.

23 comments:

Leca said...

Adoro cães...e gatos...
hoje tenho um maltes...
e já tive vários gatos...
gatos são independentes...e mais sinceros...
meu cão é sincero...mas...ainda me adula pra ganhar ração...

Cuidado com a gotofobia...

beijossssssssssssss

Leca

Bípede Falante said...

Francis, o seu deve ser o segundo, porque o melhor cão do mundo é o meu Bono!

Bípede Falante said...

Brutus, sorry, escrevi Francis. Força do hábito!

Abobrinha said...

Para que conste, gato é coisa de macho!

Brutus said...

Leca: não tenho gatofobia, mas tb n acho q os gatos sejam mais sinceros.
Bípede: se tens o vocalista dos U2 como animal doméstico, I rest my case
Abobrinha: gato é coisa de macho ? tenho pena mas não concordo mesmo.

Francis said...

Labrador é cão mais dependente do mundo, um verdadeiro pain in the ass...é um cão uma beca abichanado...

Brutus said...

Pain in the ass és tu, meu. É um cão meigo e amigo de toda a gente, adora crianças e as gajas acham o máximo (experimenta sentar-te com um, em Julho, numa esplanada em Es Pujols e depois conta-me). Sei que preferes caniches, mas qto a isso não posso fazer nada...

Brutus said...

Agora lembrei-me vagamente de há umas décadas teres tido um pastor alemão meio raquítico, não foi ?

Hugo said...

Hilariante post. Muito bom

Brutus said...

Thanks, Hugo.

entredoismundos said...

Tive um labrador retriever preto e foi um dos animais mais marcantes que conheci até hoje (e em animais incluo alguns seres humanos também). Ando à procura de outro.

Yashmeen

Francis said...

man, tu levas o cão para Formentera ? isso tá mesmo mal...
nada bate os filhos pequenos e bonitos, como so meus, modéstia à parte...experimenta passear no jardim da estrela ao fim de semana, é que nem ginjas...

Brutus said...

Se quiseres uma fêmea preta, eu ofereço-ta com todo o gosto. Escolhes a que quiseres e eu dou-ta. Mas depois tem que namorar com o meu, e de certeza que vai gostar dele...

Brutus said...

Eu sei, Francis, mas não estou a comparar cães com crianças, pá. As italianas passam-se com o meu cão (e com o dono, bem entendido).
Já pensei em ter uma loja para alugar putos à hora para os homens levarem ao supermercado. Um homem que entra num supermercado com um bebé e anda com um ar meio desajeitado no corredor das fraldas e das papas se não sair do supermercado com 3 ou 4 números de telemóvel não é homem não é nada.

Francis said...

ahahahahahahahahahahahahahah

Brutus said...

ps) gostaria de dizer que, infelizmente, a "utilização" dos meus para este efeito foi muito efémera. Por uma razão qualquer que desconheço, nunca confiaram no meu sentido de responsabilidade, o que cheguei a considerar ofensivo.

Seja como for, o certo é que fiquei proibido de sair sozinho com eles depois de um dia em que só quando cheguei ao carro é que reparei que me tinha esquecido deles lá em cima...
It is an injustice, it is.

Francis said...

yes it is...

Maya said...

A Loja está muito eclética, sim senhor.

- é um gato, faxabôr. Olhos verdes, 1,88, moreno ah e inteligente.

Mandar à consignação p.f..

Francis said...

are you talking to me ?
só tenho é 1'85...achas que serve ?

o brutus também encaixa no perfil, só que é loiro...

Brutus said...

Loiro por dentro, you mean

Pulha Garcia said...

Gostei da parte do cão rosnar a um lagarto. O problema é que há cada vez menos.



(Ps - também não gosto de gatos)

Anonymous said...

Brutus, ficaste mole?
Uma entrada de dragão neste blog e agora todo sensível a falar de um bicho?
LM

Anonymous said...

Brutus, ficaste mole?
Uma entrada de dragão neste blog e agora todo sensível a falar de um bicho?
LM