Tuesday, June 01, 2010

Nexos de casualidade.

Hoje tive uma epifania. É.
Vocês costumam ter destas coisas com nomes assim importantes e que parecem mesmo importantes?



Isso e uma coisa que me incomoda imenso, até tenho medo de um dia ser atingido por essa mania, o que é que se passa com os condutores e os macacos do nariz ? Porque é que um gajo pára num semáforo - corrigido pela Margarida :) - e desata a tirar macaquinhos do nariz ? Não basta só galar as gajas boas que passam na passadeira ? Ou quando não passam gajas boas na passadeira, a malta sente aquela vontade irresistível de ver se é desta que apanha um daqueles mesmo bons que vão esticando, esticando, até ficarem a baloiçar no dedo ? E é verdade que aquilo sabe a caracóis ? É que eu já não provo um vai para mais de 40 anos ...atcchhimmmmm... olha olha, um aqui tão jeitoso em cima da tecla delete ... será que ? ... é, sabe mesmo a caracóis.

Até logo.

23 comments:

maria inês said...

ahahahahahahhahaah, prática usual nos cavalheiros que circulam na marginal! Caracóis? Será?

Margarida said...

you've got mail

Francis said...

maria inês, é, caracóis.

maragrida, obrigado pá.

Margarida said...

Não sei se deveria ficar triste por ser linkada no meio do gajo que tira macacos do nariz ou contente porque a seguir se referem a uma gaja boa que desliza na passadeira.


Ok, fico-me pela segunda hipótese :P

Francis said...

margarida, lá está, always look to the bright side of life...

Disidério Estrela said...

Epifania é bonito, pá.

Isso do "limpar o salão" acho que é algo tão involuntário como veres alguém a bocejar e começares também a bocejar. Assisti a esse efeito no domingo quando estava tudo parado na A5. Como a rádio não passa música de jeito, as gajas boas estavam na praia... a malta foi fazer as limpezas de verão.

loirices said...

eu conheci uma vez uma epifania :)

Francis said...

dis, é não é ? não sei porquê, mas lembrei-me de ti qundo pensei em escrever isto.
A5 parada ?

loirica, conta-me como foi ?

Margarida said...

Este meu poder de imaginação agora deixou-me agoniada!

Disidério Estrela said...

ahahahahahaha Imagino que tenha sido por eu ser muito observador.
Estava, andavam lá o gajos da GNR quase às sete da tarde a fazer não sei o quê. Eu estava ocupado a ver as limpezas dos outros.

Há um tema que eu gosto muito, os reformados que passam os dias nas esquinas a falar do Sócras com ar desanimado e que voltam à vida sempre que passa uma mulher por eles. Têm umas movimentações curiosas...

Francis said...

margarida, as minha humildes desculpas...

disi, estava a falar da epifania.
esse tema tem o seu quê, tem tem...

Margarida said...

Estás humildemente desculpado.

Francis said...

margarida, agradecido.

Disidério Estrela said...

"Abordalio", pá.

Francis said...

disi, por acaso já sei qual o tema que abordar a seguir. e não é esse.

Eric Blair said...

pá, nunca provei caracóis ...

Disidério Estrela said...

Tu é que sabes, faz de conta que o blog é teu. Não te acanhes.

Francis said...

eric, ahahahahahahahahahah e caracoletas ?

disi, népia, sempre a assapar...

Brutus said...

Eu prefiro coçar os tomates e acho que dá mais estilo. O gajedo curte

Francis said...

brutus, epá mas dentro do carro ninguém nota...ou só fazes isso no cabrio ?

me. said...

É bem verdade, assim como:
- Olhar sempre para quem ultrapassamos!
- Os taxistas usarem a porta de entrada traseira de passageiros como biombo urinário (deve fazer parte da carta profissional)
- Fumadores atirarem as beatas janela fora (apetece-me sempre se fosse possível, retribuir, devolvendo pela janela)
...
Isto bem esmiuçado dá uma enciclopédica da cidadania!

© said...

nunca comi caracois, tio

Francis said...

me., ora vamos lá à resposta mais elaborada do dia.

- eu não olho, a não ser que seja a baixa velocidade.
- como ?
- isso, eu que fumo estou de acordo com essa medida.

enciclopédia no mau sentido, presumo.

ci, meu bem, coisa maravilhosa, não sabes o que perdes.