Friday, January 21, 2011

E a Lyonce Viiktórya ?


Nem quero imaginar o calvário desta criança quando for mais velha.
Já não chega ser filha de quem é, ainda tem que levar com um nome destes ?
Lyonce Viiktórya, a sério ? Lyonce Viiktórya, de certeza ? Lyonce Viiktórya, juram ? Foda-se, tenham dó.

11 comments:

Margarida said...

O Vasco Palmeirim é o Rei eheheheh

Francis said...

ahahahahahahahahahahahahahahah
podes crer, margarida, é muito bom.

Pulha Garcia said...

belo nome para loção capilar

Francis said...

pulha, é capaz.

Cat said...

Eu acho que é o nome artístico... no registo há-de ser Lionce Vitória. Ou Maria Aparecida. Pronto.

© said...

e depois vão-lhe chamar lili....

Francis said...

cat, eu também acho que este nome não passa, a ver vamos...

Ci, é bonito...

Roberto said...

Estão a falar de quê ?

Francis said...

da filha do Yannick Djaló e da Luciana Abreu.
coisas que tu não ligas, pá.

Roberto said...

Num jantar qualquer já tinha ouvido falar de algo esquisito assim.
Então vamos lá esclarecer: os nomes admitidos e os nomes não admitidos em Portugal constam de uma lista. Isto tem regras, não é à toa. Podem vê-la em http://www.irn.mj.pt/sections/irn/a_registral/registos-centrais/docs-da-nacionalidade/vocabulos-admitidos-e/downloadFile/file/2010-09-30_-_Lista_de_nomes.pdf?nocache=1287071845.45

Esse nome patético não é, obviamente, permitido. É tão absurdo que nem sequer consta da lista. Portanto, em rigor, esta questão é uma falsa questão - se a criança for registada em Portugal, não pode ter esse "nome", end of story. Se calhar os pais ainda não sabem disto, portanto não surpreende que continuem na senda da boçalidade.

Em certos casos, é possível recorrer (o Francis conhece um caso de muito perto de uma criança cujo nome - actualmente na moda -consta agora da lista por causa da teimosia de um amigo dele e da minha modesta colaboração), mas a aceitação de um nome novo é sempre muito complicada.

Cati said...

Roberto! Nem mais!!! Afinal vivemos na república das bananas???
(quer dizer, vivemos, mas haja decência!)

Ainda estou para ler o desmentido deste nome... e se não o ler, os serviços de registo civil deviam ter VERGONHA.