Friday, January 07, 2011

O discurso de Sócrates e o estado da Nação.


Vinha no carro a ouvir o discurso de Sócrates. O homem é o maior. Tudo melhorou em Portugal. O homem gabou-se até dizer chega. Os americanos foram nabos no caso do Lemann Brothers, e por isso o caos internacional. Ele é que foi esperto no caso do BPN, se não tem nacionalizado, o contágio dava cabo do sistema bancário português. As exportações nunca foram tantas e tão boas. Fomos os primeiros a diversificar para outros mercados que não a Europa, eles copiaram-nos. O Estado cumpriu o orçamento da despesa. Não disse foi que ela aumentou de 2008 para 2009. Mas cumpriu. Sendo assim qual é o problema em Portugal ?Porque é que não estamos na maior ? Por causa dos americanos, dos ingleses, dos chineses ? Ah não, é dos malandros dos mercados. Aqueles que esta semana perceberam que os cortes na despesa do Estado vai dar merda e já subiram os juros para nos financiarem ? E os 14.000 organismos públicos completamente à solta e que consomem mais de metade da riqueza gerada por todos nós ? Não, pá, é os mercados, esses malandros que não nos querem emprestar dinheiro para andarmos a curtir em vez de produzirmos. Malandros. Ou os mauzões dos alemães que estão fartos de sustentar esta bandalheira ?
Tudo uma cambada de malandros.

6 comments:

Roberto said...

Boa francis. Sugiro a leitura do DN a partir de hoje e durante uma semana. Abraços

Francis said...

Roberto, então ? tens inside information ?

Roberto said...

Nao meu, vai sair um suplemento todos os dias muito interessante. Já ouvi dizer q o de hoje está bom. Jornalismo à séria, algo invulgar em Portugal

Francis said...

robbie honney love, tenho que estar atento...

Nanny said...

Malandros... é o que é!

:-)*

Francis said...

pois é, malandros...e maus para nós...