Saturday, January 29, 2011

Uma história de iAmor entre fanáticos da Apple

Eram 23.03h do dia 23 de Abril de 2008 quando Macário se encheu de coragem e enviou do seu MacBook Air um email para Maciela: “Queres jantar comigo amanhã ?”. Maciela não estava em casa, mas leu o email no seu iPhone e respondeu: “Claro que sim, onde e a que horas ?”.

Era o nascimento de uma grande iPaixão. Os jantares, as idas ao cinema e os passeios tornaram-se regulares. Ocasionalmente desligavam os iPods e até chegavam a falar.

Numa noite em Novembro, depois do jantar, em frente de uma iLareira a coisa proporcionou-se.

“Maciela, vai ao iTunes e descarrega o iSex3.2Pro”, pediu um excitado Macário, já meio nú e com a sua iPila erecta.

“Maciela, vai ao iTunes e descarrega o iSex3.2Pro”, insistiu Macário.

“Maciela, vai ao iTunes e descarrega o iSex3.2Pro”, repetiu Macário, já quase em desespero.

“Maciela, estás a ouvir-me ?”, perguntou gesticulando. Maciela retirou então os auriculares do iPod. “Diz ?”, perguntou ela. “Importaste-te de desligar o iPod, parares com as SMS no iPhone, e ir ao iTunes descarregar o iSex3.2Pro ?”. Ela assim fez. Deram três iPhodas, chegando ao terceiro nível, mas Macário começou a ficar com Low Batt e adormeceram abraçados.

O iCasamento foi uma cerimónia linda. Os iNoivos e os iConvidados iam todos vestidos de branco, com uma pequena maçã prateada desenhada nas costas. O menu era composto unicamente por um prato: Big Macs. O bolo dos noivos tinha a forma de uma maçã. A lua-de-mel durou vinte dias: dez em MacAu e dez na Big Apple.

A relação era perfeita e iMaculada.

Recentemente, devido às dificuldades orçamentais, tiveram que fazer uma opção: “Maciela, queres fazer download de um iFilho ou preferes comprar um iPad ?”. “Compramos o iPad e tratá-lo-emos como se fosse um filho. Não é assim que fazem todos ?”. E assim fizeram, embora não tenha sido fácil encontrar um iBerço para o iPad.

Recentemente, porém, as coisas alteraram-se.

“Macário, tenho uma coisa para te contar”, disse Maciela com a voz trémula.

“Diz”, respondeu Macário.

“Fiz iSexo com outros três homens … ao mesmo tempo … ”

"Mas, o que é que fizeram ?", perguntou um incrédulo Macário.

"Não vais querer saber, não ? fizemos várias vezes sexo iVaginal, iAnal, iOral completo, iChuva dourada, tudo, tudo, tudo. Lembras-te daquele filme que vimos no iPad ? foi assim, mas neste momento já acabou tudo ... nunca mais nos encontrámos", respondeu Maciela.

“Acabou tudo mesmo ? como é que eu posso ter a certeza ?”, pergunta Macário com voz inesperadamente calma.

“Porque eu te digo. Tens que acreditar em mim, minha iJóia. Estive muitas vezes com eles, até gostei, mas é a ti que eu iAmo”, responde Maciela.

“Bem, se dizes eu acredito, mas espero que não volte a acontecer, está bem ?”, sossegou-a Macário.

“Claro que não, não quero que fiques com MacAquinhos no sótão. Mas aconteceu outra coisa …”, sussurra Maciela.

“Mau …”, diz Macário franzindo o sobrolho, “o que é que foi ?”.

“O iMac lá do escritório avariou-se”

“Isso é iMpossível !”, exclamou Macário. “Os Macs nunca avariam ! Tu estás a mentir-me Maciela e isso é MacAbro !!”.

“Garanto-te que avariou. De repente ficou tudo preto. Corri o antivírus e tudo. Tenho testemunhas. Porque é que não acreditas em mim ?” suplicou Maciela.

“Porque não acredito. És uma grande mentirosa ! onde é que já se viu um Mac apanhar um vírus ?!”

“E depois, para continuar a trabalhar”, acrescentou corajosamente Maciela, “tive que usar um … Toshiba emprestado.”

“O quê ? tu usaste um Toshiba ???? não é possível ! não acredito ! que nojo ! não consigo voltar a tocar numa mulher que teclou num Toshiba ! estragaste a nossa vida, iPorca de iMerda. Não consigo continuar a confiar em ti” gritou Macário. “És uma grande iPuta, é o que tu és. Trair um Mac com um Toshiba. Que grande MacAcada !!!”

“Não me perdoas ?”, perguntou Maciela com a voz embargada e os olhos cheios de iLágrimas.

“Não. Tu tocaste num Toshiba e isso não se cura nem com MacUmba.

Quero o iDivórcio e já, trata de arranjar um iAdvogado !!”

1 comment:

Gois said...

Se se zangasse no escritorio era iquit..!