Wednesday, October 19, 2011

O quotidiano das etiquetas

Temos uma enorme necessidade de agrupar/etiquetar/categorizar tudo. É muito útil quando chegamos a um supermercado e sabemos que as hortaliças estão todas juntas. Realizamos este agrupamento com também com os que nos rodeiam.

Por exemplo:
Pela forma como me visto sou beta, pelas músicas que oiço oscilo entre o freak e o antiquada. Adoro a área que estudo o que faz de mim uma nerd, mas por vezes falto às aulas logo passo a ser baldas. Quando faço criticas que na leitura dos outros não têm grande fundamento tenho mau feitio, por outro lado se acham que têm fundamento tenho espírito critico. Trato os meus pais por “você”, logo, sou beta (again).

Já reparam quantas etiquetas vos foram dando ao longo do tempo? Quais são as vossas?

13 comments:

dyphia said...

"és um pouco gotica" - filhos, eu uso roupa preta porque dá menos trabalho em conjugar cores.

"és uma beata" - sim, gosto de falar de Deus e cultivar a minha fé, mas nem por isso vou às missas todas da paroquia. Por falar nisso, esta semana nem fui a nenhuma.

"és antisocial" - ok, admito que não alinho nas merdas todas para não ter dores de cabeça no dia seguinte.

e ainda podia continuar...

Fui prender o burro e já venho! said...

Continua que eu estou a gostar, essa da gótica é muito boa!

Dona Rosa said...
This comment has been removed by the author.
Dona Rosa said...

a fazeres os trabalhos de casa, malandreca!
eu ca vou contornando todas as observacoes com o simples gosto de ser excentrica!
tudo o que tenha uma designacao acalma os animos...loooool

Fui prender o burro e já venho! said...

dona Rosa quais tpc?

Dona Rosa said...

isso das etiquetas....
eu tambem faco quando estou em arrumacoes!
tudo arrumadinho para ficar um mimo...

Fui prender o burro e já venho! said...

isso é uma das manias das mulheres!

Francis said...

és muita corajoso. é o que me dizem por ser do sporting.
serve ?

Fui prender o burro e já venho! said...

és um beto muito corajoso

:)

Francis said...

sou do very best.

´dyphia said...

quando me perguntavam se era gotica a coisa ainda escapava, agora perguntar-me se me tinha morrido alguem!

em pequena ouvi a Ivone Silva a dizer que de "vestido preto não me compromento" e ela tem toda a razão. o preto serve para todas as ocasioes. Por exemplo se tenho umas calças as ricas azuis não vou acompanha-las com uma camisa com quadrados vermelhos, senão em vez de gotica vão chamar-me de aberração. Não conseguimos agradar, ha sempre alguem que nos chama qualquer coisa.

dyphia said...

cici, malvado, nunca mais te deixo videos :P

P.M.C. said...

Americanices, nas manias de rotular deles...