Saturday, April 30, 2011

Chegou o nosso segundo menino!

Pelos vistos hoje chegou o segundo submarino que compramos aos alemães num negócio absolutamente transparente. Ora agora bora rentabilizar o investimento? E fazemos isso como?

- Alugar os submarinos para casamentos e baptizados?
- Novo palco para a Feira da Ladra?
- Ceder, a peso de ouro, os submarinos para a criação de restaurantes de luxo móveis?
- Disponibilizar viagens dos arquipélagos da Madeira e Açores para Portugal continental?
- Usar os submarinos em dias de greve nos transportes e fazer a ligação entre a margem sul e Lisboa?
- Vender à mãe Dolores?
- Nova residência oficial do próximo Primeiro Ministro?
- Centro de estágio da nossa selecção?
- Nova localização da Assembléia da República?
- Fazer um pack e ao país que comprar maior percentagem da nossa dívida pública oferecemos os dois submarinos?
- Vender a um traficante de droga?
- Usar os submarinos para vigiar a pesca ilegal do jaquinzinho?
- Convencer o Belmiro de Azevedo a colocar os submarinos à venda no Continente, sendo que 50% do valor pago vai automaticamente para o cartão Continente?

Alguém tem idéias que queira partilhar?

Friday, April 29, 2011

E por falar em casórios...

Duas semanas de férias dão para imensas coisas giras, das quais eu não fiz nenhuma. Também havia uma longa lista de coisas sem interesse para fazer uma das quais ver o casamento do Willy e da Cati. Quiçá por mau feitio mas interessa-me tanto o casório deles como as técnicas para a plantação da couve penca.

Vai daí hoje passei o dia com uma das minhas avós. Pessoa de grande importância na minha vida visto ser uma ferrenha adepta do Glorioso fez de mim também adepta. Ensinou-me como ninguém a insultar o árbitro e toda a sua família numa simples frase. Conversa vai conversa vem e a senhora minha avó conta-me que foi pedida em casamento. Por norma da minha avó espero tudo mas desta vez ela surpreendeu-me. Com 82 anos ela vai encarar o terceiro casamento, há pessoas corajosas na família é preciso dizê-lo sem rodeios.

Francis, meu bem, aproveitando o teu beicinho queres ser o menino das alianças? O copo-de-água até pode ser na barragem, pá!

E curtiram o casamento do Guilherme e da Cátia ?

E viram a beatificação do JP2 ?
Num país católico apostólico romano ficam amarrados à TV a ver um casamento de 2 anglicanos protestantes em vez da beatificação do JP2 ? )( voz amiga da verdade informou-me que este acontecimento só terá lugar no dia 1 de Maio, dia da Mãe e do trabalhador, tudo a ver ) Shame on me.
Eu dou sempre esmola aos velhinhos, deixo sempre as senhoras passar à frente, seguro sempre a porta a quem vem atrás - se for uma gaja boa até lhe galo o rabo - as luzes dos postes desligam-se sempre quando passo, digo sempre obrigado e se faz favor etc etc ... isso faz de mim candidato à beatificação ? Só vale o levanta-te e anda ? Abre os olhos e vê ?
Ah e sou convicto adepto do Sporting, esta merda só por isso devia valer uma data de pontos.

Thursday, April 28, 2011

O voto verdadeiramente útil

Após "profunda" meditação sobre o meu sentido de voto (sim, caraças, desta vez vou votar !), cheguei a uma conclusão, aparentemente muito simples, mas que me farão o favor de dizer se está certa ou errada.

As premissas fundamentais são as seguintes:

1ª - O objectivo primordial e imprescindível consiste em afastar (desejavelmente para sempre) o Sócrates do governo.

2ª - Nenhum partido vai ter maioria absoluta.

3ª - O CDS nunca será o segundo partido mais votado.

4ª - Para que seja formado um governo estável, vão ter que se juntar dois partidos

5ª - É praticamente impossível que o Sócrates e o PSD formem um governo juntos (o que, além do mais, não permitiria atingir o objectivo principal – "matar" politicamente o Sócrates)

6ª - Assim sendo, tenho praticamente como certo que o CDS vai fazer parte do futuro governo, com dois ou três ministros, quase que aposto.

7ª - Em conclusão, a dúvida neste momento consiste em saber se o próximo governo será um governo PS/CDS ou um governo PSD/CDS.

Concordam até aqui ?

Dito isto, e tendo como certo que o CDS vai fazer parte do próximo governo, valerá mais a pena votarmos no terceiro (que já "lá" está quase automaticamente) ou naquele (seja ele qual for) que queremos que seja o mais votado, nem que seja somente para expulsarmos o escroque e tentar salvar o país ?

O nosso objectivo é substituir o Luís Amado pelo Portas ou é substituir o Sócrates por outro gajo qualquer de outro partido QUALQUER ?

A guerra, meus amigos, vai ser entre o PSD e o Sócrates. Esses sim, vão lutar, mano a mano, taco a taco, pelo primeiro lugar na linha de chegada.

Façam o seguinte cálculo, puramente empírico:

- O PSD tem, por exemplo, um potencial de 30% de votos

- O CDS tem, por exemplo, um potencial de 10% de votos

- Devido às constantes asneiras do PSD, haveria (por hipótese meramente teórica) 8% de eleitores tendencialmente PSD que se deslocariam para o CDS

- Como resultado deste "castigo" - aliás merecido - ao PSD, o CDS teria uns fabulosos 18% de votos (uma votação histórica) e o PSD 22%

- Já viram que, neste contexto, basta ao Sócrates ter 23% dos votos para ganhar as eleições e ser aarrgghh o próximo primeiro ministro ?

- E sabem com quem vai formar governo de maioria ? com o CDS, claro !

Não nos iludamos: a luta renhida (e, incrivelmente, ao que parece muito renhida) vai ser entre o Sócrates e o PSD. Podemos não gostar de muitas coisas no PSD, Nobre e Relvas incluídos, mas não devemos desperdiçar votos com o CDS.

Vamos votar no terceiro ou no primeiro ?

Vamo-nos "BORRIFAR" no PRIMEIRO SÓ PARA GARANTIRMOS O TERCEIRO (que nem precisa dos nossos votos) ?

Queremos ajudar a despejar o Sócrates de S. Bento ou ajudar o CDS a "meter" mais um ou menos um ministro num governo do Sócrates ?

Estarei a ver mal a coisa ou tudo isto é tão simples quanto votar no PSD (algo que, pela parte que me toca, nunca fiz na vida) ?

Actualização: imaginem que, por um azar do caraças, o Sócrates ganha ao PSD por um voto e que os meus amigos não votaram, votaram noutro partido qualquer, anularam o voto, sei lá, fizeram tudo menos votar no PSD. Como é que se sentiriam ?

ps, salvo seja) Algo completamente diferente (e que espero não desvie as atenções do essencial): o Benfica fez um jogo miserável contra o Braga e corre sérios riscos de ser eliminado. Sabem que mais ? não me importo nada que o seja. O único objectivo desta eliminatória entre o Benfica e o Braga consiste em descobrir qual é a equipa que vai ser humilhada pelo grande Porto em Dublin. Pela parte que me toca, do mal o menos: que seja o Braga.

No futebol, tal como na política, por vezes há que ser pragmático e tentar ver as coisas como elas são, por muito que isso nos custe.

Vão prá troika que vos pariu, pá

O social-democrata António Nogueira Leite afirmou no Facebook que José Lello é "um cibernabo", comentário que foi notícia hoje no jornal "i". O socialista já respondeu às acusações, dizendo que Nogueira Leite "pertence àquela classe de transfugas políticos, ditos independentes que, saltitando, apenas visa 'abifar uns tachos', pois ideologia é coisa que arde sem se ver". O deputado socialista continua os insultos, respondendo na mesma moeda a Nogueira Leite.
"Agora, aderiu a Passos Coelho, perdão, ao PSD. Já se via até ministro. Azar dele! As expectativas de vitória caíram para perspetivas de derrota. Depois, alienado, passou de protegido do chefe para um papel secundário, o de bardo de Asterix! Quem é o nabo, quem é?", pode ler-se no Facebook.
António Nogueira Leite também já reagiu, afirmando que é "imbecil" considerar cibernabo um insulto.


É triste sermos governados por esta gente, não é ?
Olhando a primeira fila, na apresentação do programa eleitoral do PS, aquela merda é assustadora. São os mesmos à 34 anos. Querem mais daquilo ?

O beicinho do Mourinho.

Cada vez mais irritante.
Raça do homem, não consegue ser normal como as outras pessoas ?
Ontem estava à espera que lhe caísse algo do céu. Caiu o burro do Pepe.
Fodeu-se. 11 para 11, 71% de bola para o Barcelona, que eu detesto by the way, 29% para o Real, e ainda se vem queixar ? Foda-se.

Era só para dizer algo. Estou farto de dizer mal do Pinto de Sousa. Já me agonia.


ps; uma das regiões que mais gosto em Portugal é o Minho, já vos tinha dito ?

Wednesday, April 27, 2011

A solução para Portugal

O nosso cantinho de nome Portugal vive, tal como outros países, um descrédito generalizado na classe política. O povo vê a trafulhice não só sair impune como ainda ser recompensada. E como não somos adeptos da mudança o mesmo povo engole e sorri. Se podíamos ir votar? Oh pá podíamos, mas escuta lá o meu vizinho do lado não vai se eu também não for ninguém nota. Ora aqui está mais uma parte do problema: a responsabilidade é dividida por pelo menos 10 milhões, se só dois milhões exercerem o direito ao voto a culpa e responsabilidade dividida por 8 milhões dá zero! O que é uma anormalidade da matemática, porém um efeito notável e banal das massas.
A ausência de consciência singular resulta na falta de consciência colectiva, e assim se inicia um ciclo vicioso suportado por milhões que votam insistentemente na abstenção e que tarde ou cedo começa a barafustar porque o tipo que foi para o poleiro está-se bem a borrifar para aquele Manel da Santa Abstenção.

E se o Manel tivesse votado em alguém não se ia queixar? Talvez sim, talvez não nunca se vai saber porque o Manel não votou foi passear a Maria para o centro comercial.

Ou seja... Estamos numa fase em que é fácil apontar o dedo ao tipo que lá está e acreditar que são o Pedro e o Paulo quem nos salvará. E se não forem? Se não forem o rol de críticas é o mesmo basta mudar o nome do destinatário, que nós tugas somos malta desenrascada pá!

Somos algo ciclotimicos, ora a PJ é a melhor polícia do mundo ou somos um povo de otários que devia cometer um suicídio colectivo - mas um a sério. Somos ainda algo calões... É. A malta está sentada a coçar a micose e solta umas larachas e até sente um certo alívio na alma. Permitam-me ser meiga: é normal que a abstenção vença sempre, é giro falar mal dos outros difícil é mudarmos os nossos comportamentos e atitudes. Aliás é por isso que eu publico posts aqui e vocês lhes passam os olhos (na pura da loucura quiçá até os leiam...) e apesar de não comentarem dirigem-me um qualquer insulto - provavelmente excessivamente batido.

Nenhum dos actuais candidatos me entusiasma, ainda assim e apesar de eu não ter nascido no tempo da ditadura, vou exercer o meu direito ao voto. Ou será preciso surgir um neo-Salazar para a maioria criticar menos e valorizar mais os direitos que tem?

"Teria sido preferível pedir ajuda depois das eleições"

Não, meu caro Zé Pinto Sousa, teria sido preferível ter pedido ajuda há 1 ano, com juros nos 4%. Toda a gente, menos tu e os teus acólitos, já tinha percebido a merda que vocês tinham feito nestes últimos anos no Governo. Isso sim, teria sido de homem. Para mim ficas para a história como o Madoff português.
Mas como o povo é sereno, na Irlanda o partido do governo perdeu mais de metade dos votos, ainda ganhas outra vez.
Dorme descansado que quem vai pagar somos nós, pois no caso de perderes vais para um lugarzinho como o Guterres, é assim que se recompensa a incompetência em Portugal.
Não vejo um único político que esteja mal na vida, nem um.

Já agora leiam isto. Eu acho que era uma bela ideia.

Tuesday, April 26, 2011

Coisas que me irritam - ll

- Preocupação com a sexualidade alheia. "És maricas" "És lésbica", não concebo tais frases como insultuosas, fico sem entender porque motivo várias mulheres no fim de uma discussão me chamam lésbica, e isso irrita-me. É.

- A falta de pontualidade. É de um profundo mau gosto achar que alguém pode ficar especado esperando eternamente pelo outro cromo, eu pelo menos gosto de respeitar o tempo dos outros tal como respeito o meu. Manias.

- Tirar fotografias. Sem dúvida das coisas que mais me irritam, lembro de ter andado 4 meses com um BI inválido porque não queria ir tirar fotografias.

- Limpezas nasais em público. Estamos parados no trânsito ou numa sala de espera, olhos para o lado e há um/uma infeliz a limpar o salão, nestes casos se eu partir o nariz a alguém é considerado agressão?

- Coçar as partes íntimas em público. Já para não falar quando no fim ainda cheira a mão, e depois apertar a mão a alguém. Agora a sério, é mesmo preciso?

ps) Fernando Em Robe embora rifar qualquer coisa visando angariar fundos para comprar um computador ao Francis? Já é um abuso ele roubar o Magalhães da filha para fazer posts, pá...

Sunday, April 24, 2011

"CRIATIVOS" DE MEIA-TIJELA

Não ligo muito a anúncios em geral (os de televisão incluídos) mas agora há – logo em simultâneo ! – quatro que me irritam sobremaneira. São eles os seguintes:

  1. O novo anúncio do café DELTA Q. O primeiro já era uma tonteria pegada, ou, melhor, uma saloiice campomaiorense. Usar o "galã" Nogueira com a (totalmente desconhecida) namorada (até ver) do (justamente muito conhecido) protagonista da "concorrência" dos anúncios da Nespresso foi uma ideia, como dizê-lo de uma forma simpática, tremendamente estúpida. Não foi um anúncio, foi uma contrafacção rasca, um anúncio made in Feira de Carcavelos. Faltando o original, vamos buscar a imitação, a aproximação, a namorada ocasional e vai ser um sucesso lusitano. Neste último anúncio, provavelmente não havendo sequer verba para a namoradita, puseram as cápsulas a "falar" com o "galã". Resultado ? um anúncio incrivelmente idiota, irritante e impróprio para cardíacos (estou em crer que ao próprio Nogueira, não fosse a força dos euros e das contas para pagar, lhe terá custado muito embarcar no enredo dos "criativos" do comendador). O Nabeiro contratou um criativo nabo e os anúncios são, como não podia deixar de ser, uma nabice completa.
  2. Os dois excrementos de animação que incentivam o uso de preservativo. São só dois e ambos, aliás de péssimo gosto, sugerem o uso de preservativo quando se usam os "serviços" de prostitutas. Nenhuma outra situação é prevista: namorados, jovens ou menos jovens, fixos ou ocasionais, nada, nada, nada (e as situações em que se impõe o uso de preservativo são milhentas). Só quando se "vai" às putas, mesmo. Um marciano que aterre em Portugal e veja os nossos canais fica plenamente convencido de que somos um país de putanheiros e que só num cenário de putice se justifica o uso de preservativo. Imagino os pais de jovens e menos jovens a explicarem-lhes estes dois anúncios …
  3. Por fim, a utilização do cómico acidental. Em Portugal há muito esta tradição: surge súbita e inesperadamente um palerma novo no panorama nacional, vamos aproveitar o tsunami da mediatização, transformá-lo no nosso símbolo momentâneo (sem que o pobre diabo perceba que só está a ser usado por causa dos seus dislates) e temos um novo "ícone". Neste caso é o pateta do Futre e toca a tirar partido da sua recente exposição pública (pelos piores motivos, e, acrescente-se, quanto mais entrevistas se multiplica para "explicar" as tontices mais se enterra) e colar a nossa imagem à exposição pública da marioneta (que só quer umas massazitas que lhe caíram do céu, coitado) e tentar tirar daí proventos a custo zero. Entendamo-nos: o Licor Beirão não presta para nada, a imaginação e o target que os esforçados "criativos" revelam e tentam atingir não faz o mínimo sentido (caipirinhas ou lá o que é feitas com o dito não lembra ao Diabo, caramba), introduzir o Licor Beirão nos bares e discotecas é uma tarefa tão ciclópica como tentar impingir Absolut ou Red Bull nas tascas e nos restaurantes de província. Agora surgiu o Futre em tudo o que é sítio: será que, depois do terceiro ou quarto Licor Beirão ficamos a falar como ele (sendo assim também quero, é a animação de qualquer festa) ? Haverá uma única alma que se sentirá tentada a comprar uma garrafa de Licor Beirão (e, saliente-se, o Futre hoje em dia é um Beirão ali da zona de Madrid …) por causa dos charters de chineses que vai vir ? Tenham dó …
PS) Parabéns Pedro !

Wednesday, April 20, 2011

Somos um país de malandros, governado por malandros

O tuga é um ser malandro, preguiçoso e trambiqueiro. Somos uma mistura entre africanos e brasileiros, mas só das más características.

O tuga não gosta de trabalhar, ponto final parágrafo. O objectivo do tuga é receber sem trabalhar. O ideal de vida do tuga é receber subsídio de desemprego.

O tuga não é ambicioso, contenta-se com pouco. Basta-lhe não ter que trabalhar muito. Se tiver que dar o litro para viver com um pouco mais conforto, nem pensar.

História verídica acontecida com um amigo meu, Director de Pessoal, numa reunião de recrutamento:

Candidata ao lugar – "O meu marido está desempregado, temos três filhos e a situação está muito crítica mesmo e já estamos a viver de caridade. Preciso desesperadamente deste emprego"

Resposta do meu amigo – "O seu currículo é interessante e pensamos que poderá vir trabalhar connosco. Quando é que poderá começar ?"

Candidata ao lugar – "Óptimo, muito obrigado, posso começar já !!!"

Resposta do meu amigo – "Então fica combinado, começa amanhã. Estava a esquecer-me de lhe dizer uma coisa: vai ter que trabalhar um domingo por mês, mas pagamos a remuneração correspondente, que ainda é dinheiro …"

Candidata ao lugar – "Um domingo por mês ?! Bem, não sei, tenho que falar com o meu marido ..." (como sabem, as desculpas "tenho que falar com o meu marido" ou "tenho que falar com a minha mulher", é, tal como os célebres "o cheque foi por correio" ou "deixa-me meter só a cabecinha", uma das maiores mentiras do mundo, sendo somente uma desculpa para negar algo que não se tem a coragem de negar directamente).

Dito e feito, no dia seguinte telefonou a recusar o emprego. Mais vale crianças com fome do que trabalhar um domingo por mês.

É uma tuga de cepa. Das valentes. Das nossas.

Ora, o tuga, que é malandro, gosta muito de protestar contra os nossos políticos, chamando-lhes, basicamente … malandros.

E o tuga tem razão: os nossos políticos, sem excepção, são malandros. Malandros encartados, melhores malandros ou mais malandros. Se nós somos um país de malandros, nada mais normal do que os políticos serem cá dos nossos. Nem é preciso que tenham estudado alguma porra na vida, ou que tenham aarrrggghhh trabalhado no duro durante um mês, basta-lhes terem estado numa juventude partidária (actualmente, o pai que verdadeiramente se preocupa com o futuro dos seus filhos não deve perder tempo a pensar que universidade será mais aconselhável, mas sim em que juventude partidária os deve inscrever. A meu ver, deve inscrevê-los em todas, é um excelente investimento).

Sucede que os nossos governantes malandros, como isto está tudo na maior, decidiram dar tolerância de ponto na tarde de 5ª feira aos tugas que estão empregados (eu não disse que "trabalham", porque não quero ofender os tugas). Não lhes chegam QUATRO DIAS INTEIROS de sopas e descanso – querem mais meio-dia (sendo certo e sabido que a manhã de 5ª feira vai ser passada a coçar os tomates). Claro que os tugas, malandros – que acusam os outros de "não querer trabalhar" – não vão protestar contra esta decisão dos malandros que nos governam (e aposto um braço como os malandros das oposições também não vão protestar, pois isso podia significar a perda de uns votozinhos).

Em resumo, estão bem uns para os outros. São iguais uns aos outros, com a diferença que uns podem roubar o que lhes apetece e outros não.

Se os tugas não fossem malandros e fossem, por exemplo, alemães ou suecos, convocariam grandes manifestações nacionais para 5ª feira à tarde com o propósito de protestar contra a decisão que concedeu a tolerância de ponto numa ocasião em que o país está para lá de pantanas.

Era bem bonito, mas o tuga não vai nisso. Pode estar bom tempo e vai dar praia. Se estiver mau tempo, vai dar shopping.


Num caso ou no outro, por favor não se esqueçam de vir aqui ao blog dizer que os políticos são uns malandros e que não querem fazer nada.

mamocas, mamocas, mamocas, mamocas, mamocas

O Francis e o Futre só sabem falar em mamocas. Seja porque a direita esmoreceu ou porque a esquerda continua murcha eles arranjam sempre forma de perguntar "e mamocas há?".

A mama é algo que existe no masculino e no feminino, e eles esquecem-se mas também as têm. Por isso: Francis e Futre quando é que os meus meninos, peitam o assunto, e mostram as vossas mamocas às leitoras do blog?

Tuesday, April 19, 2011

A nossa esquerda continua em grande. E Portugal também.

"Não gosto de vocês, não falo com vocês."
Este é o lema de uma esquerda presa em 74, sem capacidade de evoluir e presa aos mesmo dogmas com que se criou. É pena, porque em teoria a esquerda seria sempre uma boa alternativa. Não percebeu que não passa dos 9%, BE ou PCP, e ali andam, quiçá contentes por aparecerem nos jornais e nas TV's, mas incapazes de produzir o que quer que seja e incapazes de se reinventarem.
Até o Otelo conseguiu perceber a merda em que isto se tornou... pior sinal que isto é impossível.
Quase 40 anos depois de 24/4/74 o fim chegou. E com estrondo.
Os pobres continuam pobres, os ricos continuam ricos, a classe média habituada a viver com aquilo que não tinha vai desaparecer, os tais novos pobres, bem formados e com emprego - em Março de 2010, tinha escrito isto - e apareceu uma nova classe, patos-bravos, que gravitam à volta do poder público - câmaras municipais, empresas públicas, parcerias ruinosas etc - patos bravos esses que incluem a maioria da nossa classe politica. Eles aparecem muito preocupados com tudo e todos, mas não vejo nenhum mal na vida. Nem eles nem os amigos. Foi a estes gajos que o 25 de Abril serviu.
Sim, e a mim também, de outra maneira não escrevia estas merdas.

Nota final:
Ocupação dos hoteis em Portugal na Páscoa ? 90% média nacional. Algarve e Madeira a 100%. Voos para o Brasil esgotados. Serra Nevada a abarrotar de tugas.

Viva Portugal, foda-se.


upsss, uma boa noticia;
com esta euforia toda à volta da loja, somos o 134º blog mais lido.
Obrigado Gabriela Ventura. Obrigado Portugal.

Monday, April 18, 2011

Vamos ajudar o Passos Coelho a dar-nos mais uns motivos para não votar no PSD ? (não é que seja preciso, mas toda a ajuda é pouca)

(versão II, já com alguns contributos – Irri, desculpa ter alterado algumas pastas)

Admitindo que a capacidade do Passos Coelho para dar tiros nos pés esteja esgotada, sim porque não é fácil fazer tanta asneira num tão curto espaço de tempo, aqui lhe deixo algumas modestas sugestões, pedindo aos visitantes que dêem mais algumas ajudas:

Pedro Granger para Presidente do Grupo Parlamentar do PSD ?

Duarte Lima para Embaixador de Portugal no Brasil ?

Gonçalo Cadilhe para Ministro dos Negócios Estrangeiros ?

Isaltino Morais para Presidente do Tribunal de Contas ?

Oliveira e Costa para Ministro da Economia ?

Vale e Azevedo para Procurador Geral da República ?

João Rendeiro para Governador do Banco de Portugal ?

Júlio Isidro para Ministro do Trabalho ?

Valentim Loureiro para Ministro das Finanças ?

Fátima Felgueiras para Ministro da Justiça ?

Pinto da Costa para Secretário de Estado do Desporto ?

Homens da Luta para Conselheiros de Estado ?

Carlos Cruz para Secretário de Estado da Juventude ?

Paulo Futre para Ministro da Educação ?

Patrick Monteiro de Barros para Ministro do Ambiente ?

José Castelo Branco para Ministro da Defesa ?

Mário Machado para Ministro da Administração Interna ?

Elsa Raposo para Ministro da Saúde ?

Pedro Santana Lopes para qualquer coisa ? (não é relevante porque ele não fica lá muito tempo)

Mudar o Palácio de S. Bento para Massamá ?

Substituir o hino nacional pelo Bem Bom das Doce ?

Aumentar o IVA para 75% ?

Fixar o salário mínimo nacional em 300 euros ?

Obrigar os trabalhadores a pagar uma indemnização às entidades patronais em caso de despedimento ?

O Nobre momento da subjectividade


Fernando Nobre é o homem do momento. Ele que foi candidato, não sei como, ao cargo de Presidente da República é agora um D. Sebastião dos tempos modernos.

Vejamos. Primeiro seria presidente da AR caso o PSD vença as próximas eleições eleitorais. Depois surgiu a dúvida se era mesmo dele que falavam e o senhor veio confirmar que "sim senhor, sou eu". Agora o Vieira da Silva (PS) diz que não o convidou para nenhum cargo político no encontro que tiveram, por outro lado, o Miguel Relvas (PSD) diz que o Nobre vai ser deputado.

Afinal vai ou não vai? E por que cor política?
E o BE não o convidou para nada?
Será Fernando Nobre uma arma secreta para as eleições?
E a AMI, pá?

Parece aquele avançado que já todos viram que não joga a ponta dum corno e só sabe marcar golos na própria baliza, que ninguém quer contratar e no último minuto antes do mercado de transferências fechar há um clube desesperado que compra o tipo para a equipa e acredita que ele vai ser o melhor de sempre.

Meia maratona pelo pêlo


O Futre faz iniciativas para ver mulheres nuas eu faço iniciativas para as pessoas se expressarem. É uma iniciativa para pessoas sem medos ou pudores dos pêlos que têm no corpo e que resistem firmemente à depilação.

São homens que gostam de exibir o tapete persa que Deus lhes deu e pretendem convencer o mundo de que eles são a solução para um dos problemas do Inverno. O homem-tapete afirma-se capaz de manter a temperatura da cama garantindo que a sua companheira de cama nunca terá frio, para além do mais as utilizadoras garantem que dada a camada pilosa é como "... dormir abraçada ao meu ursinho de pelúcia quando eu era pequenina". Eles garantem, sem rodeios, "Gajo com pêlo é gajo que quer metê-lo".

O movimento da mulher que resiste à depilação, segundo o e-mail que me chegou, assegura estar "... farta de apanhar constipações derivado a depilar as partes, visto ficarem desagasalhadas existindo sério risco do surgimento de frieiras". Mais, segundo elas, "... a mulher de buço quando beija o seu homem ocorre uma fricção entre os bigodes que é altamente estimulante para a vida sexual". Ninguém as agarra e elas vão mais longe: "O buço protege a pele contra as rugas e disfarça rugas verticais já existentes pelo efeito penugem".

"Se não os podes vencer junta-te aos pêlos", será claramente o mote desta meia maratona com o alto patrocínio do Restaurador Olex e teremos como padrinho do evento o Tony Ramos, a animação está a cargo de Graciano Saga (o dono desse grande hit "Mulheres Peludas").

Quem quiser participar deve: ter mais de 18 anos de idade, e enviar fotos em nu integral frente e verso (as mulheres enviam para o Futre e o Francis, os homens enviem para mim), e pêlos com fartura.

A iniciativa decorre em pleno domingo de Páscoa, pelas 10h, com partida na ponte 25 de Abril e chegada aos Jerónimos.

O vencedor da prova ganha um curso com o Chalana e ficará a saber como ter "Um bigode de macho em 10 dias, dicas truques". A vencedora recebe por prémio um dia num SPA para tratar de todo e qualquer pêlo que lhe seja caro. Como prémio adicional pensei em algo diferente, desta forma, os vencedores ganham ainda um naperon em renda de bilros feito com o pêlo dos vencedores (há a hipótese de fazer o naperon no corpo, é como quiserem)

Por todos os motivos e mais alguns o repasto desse dia é patrocinado pel' O Barbas.

Sunday, April 17, 2011

Eis o género de iniciativas que aplaudo, porventura só com uma mão

"Vem pedalar o mais nu que conseguires" é o convite da World Naked Bike Ride Lisboa que se estreia em Portugal, a 26 de Junho: será um passeio, entre o Parque Eduardo VII e Belém, com ciclistas nus, para defender o ambiente e o uso da bicicleta da cidade.
Acho que faz todo o sentido que se defenda o ambiente pedalando nu. A relação causa-efeito mete-se pelos olhos dentro.
A World Naked Bike Ride Lisboa designou os membros da Loja para júri de pré-qualificação das senhoras que pretendam aderir à iniciativa. Como perceberão, nem todas as mulheres poderão integrar o pelotão, sob pena de, ao contrário do que se pretende, se causar mau ambiente: a idade máxima são 35 anos e tem que nos ser enviada uma foto, nua ou quase, para avaliação e eventual admissão.
Portanto, defensoras do ambiente loucas por pedalar nuas, toca a enviar fotos para a Loja.

PS) Gabriela, escusas de mandar porque já temos. Não vai dar para ires, desculpa.

Friday, April 15, 2011

E com esta me vou. Pela guarita.

Esta cena, mortal encarpado à retaguarda, do putativo candidato Nobre, que em tempo nós demos aviso que iam ser todos comidinhos, fez-me lembrar o primeiro big-brother, em que havia lá um gajo que dizia; se não é pela frente, é pela guarita.

Só para dizer que os nossos fregueses são loucos pela gaja que o Futre além postou uns dias atrás.

É o Link mais procurado nesta loja. A Gabriela Ventura, grande grossa. És bué boa.
Agora, alguém me elucide, quem é aquela gaja ? Uma secretária de estado qualquer ? Uma engenheira moderna, tipo Zé Pinto Sousa ? Dá formação na área agrícola ? Ensina a apanhar cenouras ? Plantar grelos ?

E sim, Futre / Gaitán / Roberto, tive muita esperança que o PSV desse a volta ao resultado. Se o árbitro não inventa aquela falta no último minuto da primeira parte...

Eu ando bem, obrigado.

Saúde e sorte é o que desejo a todos vós.

Barbie Girl ( Gabriela Ventura, esta é para ti )

Um video para mostrar que até há alguém com coração neste blog



Francis cadê ocê? Será que era foi com o Claúdio Ramos em busca do Coelho da Páscoa?

Wednesday, April 13, 2011

Tuesday, April 12, 2011

O "passou bem"

Sei que este não é o local certo, mas agora, uma vez que temos mais audiência do que os Morangos com Açúcar ou votos do Fernando (quem ?) Nobre, queria aproveitar para criar um amplo movimento nacional contra o "passou-bem" ou "aperto de mão".

Ando farto de "apertos de mão". Não servem para nada e são uma porcaria. Sabemos lá por onde é que aquelas mãos andaram e o que é que fizeram antes de nos tocarem. Quando o tempo aquece, ainda é pior. Hoje em dia, quando vejo uma mão mole e suada na minha direcção até tremo. Se for "sapuda" ainda pior. Estou a entrar numa espiral de loucura que me leva a não descansar enquanto não lavo as mãos depois de apertar uma mão suada. Procuro desesperadamente uma casa de banho para lavar a mão. Pareço doido, acho mesmo nojento, mas (ainda) não consigo deixar ninguém de mão estendida.

Proponho a troca do aperto de mão pela simulação do acto, sem tocar, ou, por exemplo, por fazer o sinal "fixe". No fundo no fundo não sei bem, mas adoraria não ficar com nojo da minha própria mão várias vezes por dia.

Vale a pena pensar nisto


O cérebro é como o GPS: todos querem um, mas poucos o sabem usar.

Se eu disser que a foto é de um profundo humor negro estou a ser irónica ou racista?

Sócios, agora é que vão ser charters deles...

Ontem, nas noticias da noite, vejo uma data de repórteres no aeroporto, pensei que era uma estrela de cinema, uma estrela rock, até podia ser o novo treinador do Sporting, mas não, era o gajo do FMI. Ao que chegámos. Para quando a entrevista na Caras ?

Quanto a nós, vamos aproveitar a onda do sucesso, para nós não há crise.
我觉得摄影师完全没有理解北京和中国的美,只是照了一些萧瑟、底层的生活琐碎而已,这不代表中国。 --我在北京,我眼里的中国,很美
Temos que atacar o mercado chinês, sócios.

Quando aparece aí uma marca a querer patrocinar aqui o tasco ? Ou uma OPA hostil ?

Monday, April 11, 2011

Todos temos um dom

Este jovem tem o dom de deixar os outros sem palavras.



Qual é o teu dom? Hum?

ps) A título de curiosidade... já sabemos que a Gabriela Ventura tem um belo par de pernas e que é "MUITA BOA", talvez seja este o momento indicado para lhe conhecermos a cara. Futre, não chutes para canto, vai que é tua rapaz.

Kim Il Sócrates ?

Não sei se parecia a Coreia do Norte ou a IURD.

Penso que o menino está pixelizado...

iPad a substituir o jornal de papel nas suas principais funções

Sunday, April 10, 2011

Parabéns Sporting !

Ontem vi, embora à distância, o importante jogo e a gloriosa vitória desta grande equipa sportinguista sobre essa potência do futebol mundial que é a Académica de Coimbra.
O Sporting fez uma exibição deslumbrante e, como o bom trabalho é sempre recompensado, conseguiu a maior goleada da época em casa, uns significativos 2 - 0, que não estão ao alcance de todos.
Face a tão volumoso resultado contra a gigante Académica, não me surpreendeu a enorme alegria que vi nas bancadas e, em geral, na nação sportinguista.

Aposto que ontem houve muito mulher de adepto sportinguista que aproveitou o ensejo para limpar as teias de aranha e tirar a barriga (ou lá perto) de misérias.
"Chama-me Djaló", diziam eles, todos nus mas ainda com os cachecóis.
"Só se fizeres um hat trick", respondiam elas.

Saturday, April 09, 2011

Há algo de estranho neste filme, mas sinceramente não percebo o que é

O idoso inútil

A crise política começou e Cavaco não disse nem fez nada. O Sócrates ameaçou demitir-se e Cavaco nada disse ou fez. O Sócrates demitiu-se mesmo e Cavaco continua sem nada dizer ou fazer. Pedimos ajuda internacional e o Cavaco continua caladito e sem mexer uma palha.

Pergunto eu, não será melhor alguém passar lá em casa a ver se está tudo bem ?

Nos dias de hoje todo o cuidado é pouco com idosos sozinhos em casa.

TEREMOS MESMO UM SACANA DE UM PRESIDENTE DA REPÚBLICA ? E SERVE PARA QUÊ ?


Friday, April 08, 2011

Gabriela Ventura - és muita boa !


Na foto: Gabriela Ventura - dirigente do Ministério da Agricultura, gestora do PRODER, numa sessão pública de esclarecimento.

Só faltou um bocadinho para os agricultores ficarem melhor “esclarecidos”...


Ninguém despede este cabrão ?

Thursday, April 07, 2011

Sócrates e a preocupação com a imagem.



Acham que ele este ano volta a ganhar o concurso do Correio da Manhã para homem mais sexy do país?

Poema de Nicolau Santos

Eu nasci num país que já não existe.

Agora tenho dois países.

O país onde vivo e o país onde nasci.

Mas o país onde nasci já não é o país onde nasci.

É outro país embora tenha o mesmo nome do país onde nasci.

E o país onde vivo é agora o meu país.

O país onde vivo não me faz esquecer o país onde nasci.

Mas o país onde nasci é agora outro país.

E por isso no país onde vivo procuro o país onde nasci

Porque no país onde nasci tudo era possível

E não há nenhum país onde tudo seja possível.

É por isso que o país onde nasci já não existe.

E é por isso que o país onde vivo é o país possível.

E o país onde nasci tem agora o mesmo nome

Mas é outro país

E lá já nada é possível.

Nicolau Santos (“O meu país já não existe” in “Aroma de pitangas num país que não existe”)

Rentabilizar o potencial interno

Ora o nosso país tem numa mão a geração mais qualificada de sempre, e na outra, uma população envelhecida. A geração mais qualificada não encontra a remuneração que acredita merecer, e a população envelhecida não recebe de volta os afectos que outrora esbanjou e muitos vivem abraçados à solidão. Vamos juntar o útil ao agradável e criar a "Rentabilização de humanidade", ou seja, vendemos os afectos a quem deles mais precisa.

Já imagino a propaganda: "Está sozinho? Tem um neto que não lhe liga ou um filho que não fala consigo? A nossa empresa possui um vasto leque de netos e filhos com diferentes alturas e cores de cabelo! Escolha já hoje o seu neto preferido ou sinta-se novamente a dar à luz em troca de uma módica quantia! Promoção desta semana: compre um neto e no segundo tem um desconto de 50%". A forma de pagamento seria uma herança, uma parte dos rendimentos, fios de ouro (amarelo ou branco), etc. E as visitas dos familiares postiços ocorreriam uma a duas vezes por semana, consoante as posses de quem requisitasse o serviço, num puro momento de prostituição dos afectos.

No fundo trata-se do surgir de uma nova profissão e do apostar de forma inteligente num sector que nunca tem fim, pelo contrário, tem cada vez mais procura. O cliente fica satisfeito pois ganha um neto, irmão, sobrinho, neto, filho com curso superior (logo tem motivos para estar orgulhoso e dizer aos amigos "O meu neto é doutor...") e o prestador do serviço fica contente por finalmente alguém lhe dar o devido valor e sentir orgulho na pessoa que ele é construindo por fim uma auto-estima alicerçada em crenças inquebráveis.

Curioso, vivemos numa época onde reinam as redes sociais e estamos rodeados de contactos e no entanto nunca fomos tão solitários, como tal, embora aproveitar o desespero de alguém?

Wednesday, April 06, 2011

A comunidade cigana está mais aberta

Alguns dizem que os ciganos são de tradições, pessoas de ideias fixas. Isso é coisa do passado, vejamos os irmãos Fernandes...



Coisa meiga.

Eles aceitam os gays, mas têm de ser gays com o inconfundível traço cigano: abrir a boca e dizer a primeira bacorada que se lembrem. "A gente nem bilhete de identidade devíamos de ter porque somos menores", incha. Estes rapazes vão escrever os próximos discursos do Sócrates (a campanha eleitoral vai ser animada).

Espera, e estas, pá ?

Achas que tens uma ganda panca ? Achas que és um ganda malucão ?
Toma lá disto para aprenderes. 240 ? 240 ?
Não te chega ? Ainda estás convencida que és a maior maluca da tua rua ?
Tampões + Vodka = ????? E começam logo aos 14 anos ? Ah suas malucas, pá. Depois queixem-se.

Coisas que não me saem da cabeça. É.

Andam aqui impunes, dão voltas e mais voltas, vão ao fundo e voltam, palavras, actos. É. São coisas da vida. É. Aguenta.

Por outro lado fartei-me de rir com a capa do Correio da Manhã de ontem, os famosos foram para a selva. Castelo Branco em grande, o homem goza a vida como poucos. Os outros não faço a mais pequena ideia quem são. Famosos ? Mas que é isso de ser famoso ? Em Portugal qualquer Marta é famosa. Qualquer cromo que entra numa novela de 3ª é famoso.

A entrevista de Sócrates à TVI deve fazer inveja aos Chavéz deste mundo. O homem está possuído, só pode. O homem deve-se achar o Messias. Ele chegou, está entre nós e ninguém nos avisou.

Tuesday, April 05, 2011

Como estragar um casamento? Simples!



Ah... as crianças são o melhor do mundo, esta em particular é adorável.

Coisas que me escapam


- Homens, ditos heterossexuais, que percebem mais de cabelos que eu - Um homem que pergunte se cortei ou mudei a cor do cabelo é coisa para desconfiar. Por norma ocorre um pedido qualquer a seguir, se é para pedir peçam logo. (Depois as mulheres é que se perdem em rodeios...)

- Pessoas que se dirigem a outras dizendo "Olha, amiga/o...." - Coisa chunga... Risquem da lista não falem com essa gente. Se a criatura em causa vos tratar por "miga/o"... mudem de passeio na rua. Migas é no Alentejo e da panela para o prato.

- Quem afirma que o seu almoço dura no máximo 15 minutos - Eu tenho medo de almoçar com alguém assim, assumo. Porque acho sempre que a pessoa pede as entradas e depois de as rapinar me vai dizer: "Eu por mim já estou, vamos embora?".

- Criaturas aparentemente humanas com costela de ruminante - Ou seja, são aquelas pessoas que finda a refeição somos brindados com um bailado da língua da criatura entre as gengivas e a mucosa bucal raspando tudo o que sejam restos, e depois de os juntarem mastigam os despojos da refeição. Isto, deixem-se de merdas, é ser ruminante.

- Mulheres que dizem só de respirar engordo - Sei... Andam com medo o oxigénio acabe e por isso fazem do organismo uma dispensa?

- Bolas de Berlim na praia - Não entendo o fascínio, lamento. Acho que é uma mera vontade de comer areia com açúcar e creme só que têm vergonha de o admitir.

- Saltos altos vs. calçada portuguesa - Se não querem que se use salto alto, digam logo. Não há a menor piada em ficar para trás porque o salto "encravou".

- Pessoas que usam ouro amarelo como se estivessem nas festas de Viana não se encontrando nas ditas - A cura para o défice está nos vossos pescoços, orelhas, pulsos e dedos. E sim, acho ouro amarelo um foleirada. Acontece.

- O porquê dos gajos das igrejas evangélicas gritarem tanto - Eu, no lugar de Deus levava a mal chamarem-me surda.

- Nunca ter notado que tenho um vizinho que é a cópia do Jorge Jesus - É que até nos pontapés na gramática eles são idênticos. Como é que isto me escapou?

Monday, April 04, 2011

O último posto do Francis não interessa nada. Este é bem mais bonito

Futre / Gaitán / Roberto


Fazendo fé que és um gajo coerente e desportista, o desporto acima de tudo...Afinal qual é o clube em que te vais filiar ?
Essa merda é que eu gostava de saber, pá.
Vamos fazer uma votação para ajudar o gajo a escolher ?
Eu voto no Sporting.


Comentário do fim de semana futebolístico;
Djaló tentou pentear a bola...
Foda-se, o gajo nem a ele se sabe pentear.
Com um avançado de jeito tínhamos dado 5 em Guimarães.
És oficialmente o pior jogador do campeonato. Por mais que isso custe ao Roberto, que bem tem feito por merecer este título.

Afinal até correu melhor do que eu pensava

Confesso que me estava a incomodar a ideia de os provincianos comemorarem a vitória do campeonato no meu estádio. Iriam ganhá-lo muito em breve, mas não tinha que ser logo ontem.

Mas foi. O Benfica fez o que eu achava que devia a fazer (jogou com a equipa B), o público não encheu o estádio e o jogo foi um tanto desvalorizado. Só podia.

O Roberto ajudou e mostrou (uma vez mais) porque é que é o pior guarda-redes da história da humanidade e os tipos lá ganharam.

Ora, foi neste ponto que a coisa até correu bem. Se tivesse sido nas antas, a festa tinha durado horas, a exultação anti-benfiquista elevar-se-ia ao infinito e os adeptos golfistas iriam zurrar ad nauseum ofensas contras as coitadas das mães dos benfiquistas.

Só que calhou ser aqui e o Glorioso, superior a essas coisas, resolveu aderir à festa.

O que é que os pilotos de Fórmula 1 fazem no final da corrida, no pódio, para vitoriar o campeão ? dão-lhe um banho. E aí, nas vossas casas, o que é que fazem antes de cantar os parabéns depois de acenderem as velinhas do bolo de anos ? é isso mesmo: apagam as luzes.

Assim, em vez de festas longas e impessoais, a festa na Luz foi curtinha mas muito intensa, num estádio quase vazio (ou seja, só com os melhores amigos presentes), num ambiente próprio para apagar as velas e num cenário de pódio de F1.

Mais a sério, ainda bem que os ranhosos ganharam o campeonato logo no primeiro match point: hoje e nos próximos dias vai-se falar muito mais nas luzes e na rega do que propriamente na vitória. Foi genial. Chego a suspeitar que perdemos de propósito só para nos divertimos tanto no final. É por estas e por outras que eu gosto tanto do meu Benfica.

Ri-me quase tanto como me tinha rido minutos antes quando o sporting passou para quarto lugar, o outro facto (ainda mais) cómico do fim-de-semana.

Friday, April 01, 2011

Mimo do Francis para os clientes


Sempre a par das novidades o Francis trouxe para aqui uma nova bebida para a clientela. Estava indecisa entre isto ou a imagem de um gajo jeitoso descascado... o jeitoso fica para a semana.



Enfrasquem-se e bom fim-de-semana.

Esse é o homem


Isto sim é um CV credível. Tirar cancro com a mão é muito bom, e sairá por onde? E se algum ressucistado não estiver contente por ter voltado ele envia de novo para o outro lado?

"Calvíce restaurada", portanto quem estiver farto de ter cabelo fala com o Sô Ronildo que ele faz uma carecada à maneira.