Sunday, April 29, 2012

Sacado não sei de onde: 40 erros a evitar no sexo

01. NÃO BEIJAR PRIMEIRO. Evitar os lábios e ir direto às zonas erógenas faz com que ela se sinta como se você estivesse pagando por hora e tentasse fazer o dinheiro valer cortando partes não essenciais. Um beijo apaixonado conveniente é a forma de preliminar definitiva. 02. DAR UM CHUPÃO NA ORELHA. Seja franco: algum cara na escola lhe contou que as garotas adoram isso. Bom, há uma diferença entre ser erótico e chupar como se você estivesse tentando fazer respiração boca-a-boca num hipopótamo. Isso machuca. 03. NÃO FAZER A BARBA. Freqüentemente você se esquece de que tem um porco-espinho atado ao seu queixo, o qual você arrasta repetidamente através do rosto e das coxas da sua parceira. Quando ela vira a cabeça de um lado para o outro, isso não é paixão, ela está tentando se esquivar. 04. ESPREMER OS SEIOS DELA. Quando botam as mãos neles, a maioria dos homens age como uma dona-de-casa experimentando um melão para ver se ele está maduro. Afague-os, acaricie-os e alise-os. 05. ABOCANHAR OS MAMILOS. Por que os homens se grudam nos mamilos de uma mulher e depois os tratam como se quisessem esvaziar o corpo dela pelos seios? Mamilos são extremamente sensíveis. Eles não resistem a mastigação. Lamba e sugue gentilmente. Dar-lhes pancadinhas com a língua de um lado ao outro é legal. Fazer de conta que eles são um brinquedo de cachorro não é. 06. TORCER OS MAMILOS DELA. Pare de fazer aquela coisa de girar os mamilos entre o indicador e o polegar como se estivesse tentando sintonizar uma rádio numa área montanhosa. Concentre-se nos seios como um todo, não só nos pontos de exclamação. 07. IGNORAR AS OUTRAS PARTES DO CORPO DELA. Uma mulher não é uma via expressa com somente três saídas: Peito Leste e Oeste, e o Túnel do Meio. Existem vastas áreas do corpo dela as quais você freqüentemente ignora quando passa direto para Vagina Central. É hora de começar a lhes dar atenção. 08. ENROLAR AS MÃOS. Falta de destreza manual na região sub-saia pode resultar em dedos e roupas de baixo torcidas. Se você fôr tão direto assim, peça a ela que tire logo o troço todo. 09. DEIXAR-LHE UM PRESENTINHO. Jogar a camisinha fora é responsabilidade do homem. Você usa, você descarta. 10. ATACAR O CLITÓRIS. Pressão direta é muito desagradável, portanto gire gentilmente seus dedos pelas laterais do clitóris. 11. PARAR PRA RESPIRAR. Diferentemente dos homens, mulheres não continuam de onde foram deixadas. Se você parar, elas voltam para a casa número 1 bem depressa. Se você perceber que ela ainda não chegou lá, continue custe o que custar, mandíbula dormente ou não. 12. DESPI-LA ESTUPIDAMENTE. Mulheres destestam parecer estúpidas, mas é exatamente o que ela vai parecer ao ficar nua da cintura para baixo com um suéter enrolado na cabeça. Desembrulhe-a como um presente elegante, não como um brinquedo de criança. 13. ATOCHAR A CALCINHA DURANTE AS PRELIMINARES. Acariciá-la gentilmente através da calcinha pode ser bem sexy. Atochar o tecido entre as coxas dela e ficar puxando pra frente e pra trás náo é. 14. SER OBCECADO PELA VAGINA. Embora a maioria dos homens possa achar o clitóris sem mapas, eles ainda acreditam que é na vagina que acontece tudo. Tão logo sua mão esteja lá, você age como se estivesse tentando pegar a última batatinha num canudo de Pringle’s. Isso está correto em princípio, mas se você não for cuidadoso (e tiver cortado as unhas), pode machucar - portanto, não se empolgue. A princípio, é melhor dar atenção ao clitóris e ao exterior da vagina, e então inserir gentilmente um dedo e ver se ela gosta. 15. MASSAGEM GROSSEIRA. Você tenta dar a ela uma massagem sensual, relaxante, para deixá-la no ponto. Pode usar as mãos e pontas dos dedos; cotovelos e joelhos, não. 16. TIRAR A ROUPA DEPRESSA DEMAIS. Não force a barra tirando a roupa antes que ela tenha feito algum gesto para ver o seu material, mesmo que seja apenas desabotoar dois botões. 17. TIRAR AS CALÇAS PRIMEIRO. Um homem de meias e cuecas é horrível. Tire as meias primeiro. 18. INDO DEPRESSA DEMAIS. Quando você parte para a situação pênis-na-vagina, a pior coisa que pode fazer é bombear como se fosse uma ferramenta industrial - ela logo vai se sentir como uma operária de linha de montagem tornada obsoleta pela sua tecnologia. Aumente o ritmo vagarosamente, com arremetidas limpas, retas e regulares. 19. INDO COM FORÇA DEMAIS. Se você bater seus grandes ossos dos quadris contra as coxas ou o estômago dela, a dor será igual a duas semanas de cavalgada concentradas em poucos segundos. 20. GOZAR DEPRESSA DEMAIS. É o medo de todo homem. Com razão. Se você dispara antes de ver o branco dos olhos dela, certifique-se de que tem um plano "B" para assegurar o prazer dela. 21. NÃO GOZAR NUM TEMPO RAZOÁVEL. Você pode achar que transar por uma hora sem chegar ao clímax é a marca de um deus do sexo, mas pra ela isso se parece mais com a marca de uma vagina dormente. Pelo menos compre algumas tapeçarias suspensas enigmáticas, para que ela tenha algo em que prestar atenção enquanto você banca o Homem-Maratona. 22. PERGUNTAR SE ELA GOZOU. Realmente, você deveria ser capaz de perceber. A maioria das mulheres faz barulho. Mas se você realmente não sabe, não pergunte. 23. FAZER SEXO ORAL COM GENTILEZA EXCESSIVA. Não se comporte como um gato gigante num pires de leite. Coloque a boca inteira lá e concentre-se em rodar a língua gentilmente ou dar petelecos com ela no clitóris. 24. CUTUCAR A CABEÇA DELA. Os homens insistem em fazer isso até que ela olhe-pro-pênis, esperando que isso levará rapidinho a boca-prop ênis. Todas as mulheres odeiam isso. Está a três passos de ser arrastada pelo cabelo para uma caverna. Se você quer que ela use a boca, use a sua; experimente falar sedutoramente com ela. 25. NÃO AVISAR ANTES DE GOZAR. Esperma tem gosto de água do mar misturada com clara de ovo. Nem todo mundo gosta. Quando ela estiver fazendo sexo oral, avise-a antes de gozar para que ela possa fazer o que achar necessário. 26. FICAR SE MEXENDO DURANTE O BOQUETE. Não empurre. É ela quem vai fazer todos os movimentos durante o boquete. Você apenas repousa. E não agarre a cabeça dela. 27. IMITAR ATITUDE DE FILME PORNÔ. Nos filmes pornô, as mulheres adoram quando os homens ejaculam sobre elas. Na vida real, isso significa apenas mais roupa para ser lavada. 28. DEIXÁ-LA POR CIMA POR ERAS. Pedir para que ela fique por cima é ótimo. Ficar deitado grunhindo enquanto ela faz todo o trabalho duro não é. Acaricie-a gentilmente, para que ela não se sinta inteiramente como um capitão de escuna. E deixe que ela descanse. 29. TENTAR FAZER SEXO ANAL E FINGIR QUE FOI UM ACIDENTE. Foi desse jeito que os homens ganharam a reputação de não seguir a bula. Se você quer botar lá, peça primeiro. E nem pense que estar bêbado é desculpa. 30. TIRAR FOTOS. Quando um homem diz, "Posso tirar uma foto sua?", ela vai ouvir as palavras "- pra mostrar pra galera". Pelo menos, deixe que ela fique com a posse das fotos. 31. NÃO TER IMAGINAÇÃO SUFICIENTE. Imaginação vai desde desenhar padrões nas costas dela até derramar mel sobre ela e lambê-lo. Frutas, vegetais, gelo e plumas são todos dispositivos úteis; cera quente, tinta indelével, de jeito nenhum. 32. ESTAPEAR O SEU ESTÔMAGO CONTRA O DELA. Não há barulho menos erótico. É tão sexy quanto um concurso de arrotos. 33. COLOCÁ-LA EM POSES ESTÚPIDAS. Se ela quer fazer yoga avançada na cama, excelente, mas a menos que ela seja uma ginasta romena, não seja ambicioso demais. Pergunte-se se quer uma parceira sexual com os tendões torcidos. 34. PROCURAR PELA PRÓSTATA DELA. Leia isto cuidadosamente: estimulação anal é boa para os homens porque eles têm próstata. As mulheres não têm. 35. DAR-LHE MORDIDAS DE AMOR. É extremamente erótico exercer alguma sucção gentil nos lados do pescoço, se você fizer isso com cuidado. Nenhuma mulher quer ter que usar golas rolê e echarpes vistosas por semana a fio. 36. LADRAR INSTRUÇÕES. Não dê gritos de incentivo como um treinador com um megafone. Não é lá muito excitante. 37. FALAR PUT*RIAS. Faz com que você pareça um editor de revista solitário ligando para o Disque-Sexo. Se ela gosta de escutar sacanagem, você vai ficar sabendo. 38. NÃO SE IMPORTAR SE ELA JÁ GOZOU. Você tem de terminar o serviço. Continue tentando até que o tenha feito direito, e ela poderá fazer o mesmo por você. 39. ESMAGÁ-LA. Homens geralmente pesam mais do que mulheres, portanto se você ficar em cima dela um tanto pesadamente demais, ela acabará ficando roxa. 40. AGRADECER. Nunca agradeça a uma mulher por fazer sexo com você. Seu quarto não é casa de caridade

Thursday, April 26, 2012

Monday, April 23, 2012

Pois...Viva Portugal.

Um artigo de Jacques Amaury, sociólogo e filósofo francês, professor na Universidade de Estrasburgo, a ler com olhos de ler.

"Portugal atravessa um dos momentos mais difíceis da sua história que terá que resolver com urgência, sob o perigo de deflagrar crescentes tensões e consequentes convulsões sociais.

Importa em primeiro lugar averiguar as causas. Devem-se sobretudo à má aplicação dos dinheiros emprestados pela CE para o esforço de adesão e adaptação às exigências da união.

Foi o país onde mais a CE investiu "per capita" e o que menos proveito retirou. Não se actualizou, não melhorou as classes laborais, regrediu na qualidade da educação, vendeu ou privatizou mesmo actividades primordiais e património que poderiam hoje ser um sustentáculo.

Os dinheiros foram encaminhados para auto-estradas, estádios de futebol, constituição de centenas de instituições público-privadas, fundações e institutos, de duvidosa utilidade, auxílios financeiros a empresas que os reverteram em seu exclusivo benefício, pagamento a agricultores para deixarem os campos e aos pescadores para venderem as embarcações, apoios estrategicamente endereçados a elementos ou a próximos deles, nos principais partidos, elevados vencimentos nas classes superiores da administração pública, o tácito desinteresse da Justiça, frente à corrupção galopante e um desinteresse quase total das Finanças no que respeita à cobrança na riqueza, na Banca, na especulação, nos grandes negócios, desenvolvendo, em contrário, uma atenção especialmente persecutória junto dos pequenos comerciantes e população mais pobre.

A política lusa é um campo escorregadio onde os mais hábeis e corajosos penetram, já que os partidos cada vez mais desacreditados, funcionam essencialmente como agências de emprego que admitem os mais corruptos e incapazes, permitindo que com as alterações governativas permaneçam, transformando-se num enorme peso bruto e parasitário. Assim, a monstruosa Função Publica, ao lado da classe dos professores, assessoradas por sindicatos aguerridos, de umas Forças Armadas dispendiosas e caducas, tornaram-se não uma solução, mas um factor de peso nos problemas do país.

Não existe partido de centro já que as diferenças são apenas de retórica, entre o PS (Partido Socialista) e o PPD/PSD (Partido Popular /Social Democrata), de direita, agora mais conservador ainda, com a inclusão de um novo líder, que tem um suporte estratégico no PR e no tecido empresarial abastado. Mais à direita, o CDS (Partido Popular), com uma actividade assinalável, mas com telhados de vidro e linguagem publica, diametralmente oposta ao que os seus princípios recomendam e praticarão na primeira oportunidade. À esquerda, o BE (Bloco de Esquerda), com tantos adeptos como o anterior, mas igualmente com uma linguagem difícil de se encaixar nas recomendações ao Governo, que manifesta um horror atávico à esquerda, tal como a população em geral, laboriosamente formatada para o mesmo receio. Mais à esquerda, o PC (Partido comunista) menosprezado pela comunicação social, que o coloca sempre como um perigo latente e uma extensão inspirada na União Soviética, oportunamente extinta, e portanto longe das realidades actuais.

Assim, não se encontrando forças capazes de alterar o status, parece que a democracia pré-fabricada não encontra novos instrumentos.

Contudo, na génese deste beco sem aparente saída, está a impreparação, ou melhor, a ignorância de uma população deixada ao abandono, nesse fulcral e determinante aspecto. Mal preparada nos bancos das escolas, no secundário e nas faculdades, não tem capacidade de decisão, a não ser a que lhe é oferecida pelos órgãos de Comunicação. Ora é aqui está o grande problema deste pequeno país; as TVs as Rádios e os Jornais, são na sua totalidade, pertença de privados ligados à alta finança, à industria e comercio, à banca e com infiltrações accionistas de vários países.

Ora, é bem de ver que com este caldo, não se pode cozinhar uma alimentação saudável, mas apenas os pratos que o "chefe" recomenda. Daí a estagnação que tem sido cómoda para a crescente distância entre ricos e pobres.

A RTP, a estação que agora engloba a Rádio e TV oficiais, está dominada por elementos dos dois partidos principais, com notório assento dos sociais-democratas e populares, especialistas em silenciar posições esclarecedoras e calar quem levanta o mínimo problema ou dúvida. A selecção dos gestores, dos directores e dos principais jornalistas é feita exclusivamente por via partidária. Os jovens jornalistas, são condicionados pelos problemas já descritos e ainda pelos contratos a prazo determinantes para o posto de trabalho enquanto, o afastamento dos jornalistas seniores, a quem é mais difícil formatar o processo a pôr em prática, está a chegar ao fim. A deserção destes, foi notória.

Não há um único meio ao alcance das pessoas mais esclarecidas e por isso, "non gratas" pelo establishment, onde possam dar luz a novas ideias e à realidade do seu país, envolto no conveniente manto diáfano que apenas deixa ver os vendedores de ideias já feitas e as cenas recomendáveis para a manutenção da sensação de liberdade e da prática da apregoada democracia.

Só uma comunicação não vendida e alienante, pode ajudar a população, a fugir da banca, o cancro endémico de que padece, a exigir uma justiça mais célere e justa, umas finanças atentas e cumpridoras, enfim, a ganhar consciência e lucidez sobre os seus desígnios.

Friday, April 20, 2012

Foi só para tirar aquelas fotos aqui de cima



Alguém me consegue explicar esta moda nova de não republicar os diplomas na totalidade ?

Agradecido.

Thursday, April 19, 2012

Metade já está...Capel también quiere final española



El Athletic salió vivo del José Alvalade en uno de sus peores partidos en Europa y mantiene la ilusión de llegar a una final que pasa por San Mamés. Aurtenetxe aplacó el fuerte temporal generado por el Sporting de Portugal hasta que el conjunto luso consiguió remontar. A base de intensidad, fe y mucho orgullo, el equipo portugués le dio la vuelta al partido con los goles de Insúa y el ex sevillista Diego Capel. Los 'leoninos' enseñaron los dientes en su territorio. Ahora San Mamés tendrá que rugir como nunca.

Como acabar com uma campanha publicitária merdosa

Ladrões de cobre

Tuesday, April 17, 2012

Monday, April 16, 2012

Thursday, April 12, 2012

Vice-presidente do Sporting constituído arguido

A RTP avançou que Paulo Pereira Cristóvão foi constituído arguido no caso das suspeitas de corrupção relacionadas com o árbitro José Cardinal. Horas antes, o Diário de Notícias avançara que alguns inspectores da PJ fizeram esta manhã buscas às instalações da SAD do Sporting, em Alvalade, e terão estado também na casa e na empresa do vice-presidente dos 'leões'.

A mesma publicação avançou ontem que tanto a PJ como a Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) estavam a investigar as suspeitas de corrupção incidentes sobre José Cardinal, árbitro auxiliar que estava encarregue de arbitrar a partida entre Sporting e Marítimo, que se realizou em Dezembro de 2011, a contar para os quartos de final da Taça de Portugal.

Hoje, o diário deu conta de buscas feitas às instalações da SAD dos 'leões' por suspeitas de uma 'armadilha' que os responsáveis do clube poderão ter montado ao árbitro assistente. No mesmo sentido foram realizadas buscas à residência de Paulo Pereira Cristóvão, ex-inspector da PJ que ocupa actualmente o cargo de vice-presidente do clube.

A investigação decorre há alguns meses, e partiu de uma denúncia anónima feita aos responsáveis leoninos, que depois terão informado Fernando Gomes, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), acerca de um depósito de dois mil euros feito na conta do árbitro José Cardinal, dois dias antes do jogo foi o ponto de partida para a investigação da UNCC.

O assistente não participaria, porém, no encontro, ao alegar motivos pessoais como a causa para a sua substituição.

Tuesday, April 10, 2012

Monday, April 09, 2012

Por acaso não acho...


...mas é o que fica para a história...

Monday, April 02, 2012