Sunday, January 20, 2013

Fartinho...

Das campanhas da MEO e dos Fedorentos, foda-se. Esta ultima é tão, mas tão má, que até doi. Já não há pachorra. Já nem os criativos da agência devem ter paciência para esta merda. Embora lá parir qualquer merda, vale tudo. Gajos a zurrar cenas incompreensiveis num helicóptero ? Foda-se. Gajos numa piscina a contar pelos dedos ? Foda-se. E quem é aquele bife ?

6 comments:

Dr. Michael Grasses said...

O que é pena é que um conjunto de miúdos que, com muita piada e poucos meios, faziam coisas giríssimas, à primeira oportunidade se tenham manifestado preguiçosos e vendido ao "capital", reformando-se prematuramente e começando a fazer (praticamente só) publicidade pateta.

Espero que o mercado deixe de lhes dar importância, que a MEO lhes vire as coisas e deixe de pagar a reforma dourada, que queiram voltar à televisão e ninguém lhes dê trabalho.

Eles são, no fundo, a imagem do tuga típico, pelo que não me posso queixar: à primeira oportunidade para ganhar mais e trabalhar menos, dizemos presente.

Amor à arte, mesmo que seja comédia inteligente (uma arte dificílima) não existe. Só existe mesmo amor ao dinheiro.

Francis said...

Pois é, tens razão. É tipico tuga. O pior é que eles queimarama imagem, penso eu de que.

Dr. Michael Grasses said...

Há um deles que tem um negócio de padarias chiques. É tipicamente um negócio que deve estar a dar. Prevejo um grande futuro para estas padarias.
Cheira-me que será mais valente calote para os bancos que se atravessaram ...

Francis said...

E um tem graça. Já os outros...a verdade é que devem estar podres à conta da MEO.

Dr. Michael Grasses said...

Estão de certeza.
Eu achava imensa piada aos gajos, achava que não ligariam muito ao dinheiro, que se divertiam à brava com o que faziam e que nunca se aburguesariam.
Enganei-me redondamente e o ultimo programa deles (já com dinheiro a rodos e fato e gravata) foi uma boa merda.

Francis said...

E continuam a navegar na merda. Mas com aquela massa, até eu.